23 de março de 2017

Ex-prefeito de Serrinha, Osni, assume a Flem no próximo sábado




Por Luiz Fernando Lima | Fotos: Arquivo / Vagner Souza / Bocão News

O governador Rui Costa autorizou a exoneração de Jones Carvalho da presidência da Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem). O substituto será o ex-prefeito de Serrinha, Osni Cardoso. A nomeação será publicada no Diário Oficial do próximo final de semana.

A mudança já era especulada desde quando o ex-governador e atual secretário de Desenvolvimento Econômico Jaques Wagner encerrou sua “quarentena” pós-impeachment da presidente Dilma Rousseff. Como Wagner não foi, Jones ficou, contudo, conforme fontes palacianas deste site, o posicionamento do atual titular em favor da chapa do Muda PT! que disputa a presidência estadual do PT foi a gota d’água.
O interessante neste enredo é que Osni é da corrente interna Reencantar. Chegou-se a cogitar a possibilidade dele ser o candidato pelo agrupamento. O recuo veio do próprio. Mais interessante ainda é o fato de que o nome apresentado pelo Muda PT é o do deputado federal Waldenor Pereira que também é membro da Reencantar.
Seguindo esta lógica existe outro ingrediente que promete colocar ainda mais “gasolina” na disputa interna do partido: Rui Costa é o membro em posto mais avançado da Reencantar na Bahia. Neste sentido, a leitura que se faz dentro do PT é que o governador tende a atuar em favor do atual presidente estadual da legenda, Everaldo Anunciação.


Osni com pecuaristas de Itarantim
antim

ROUBAVAM GADO

ITAPETINGA: POLICIA PRENDE LADRÕES DE GADO DA FAZENDA DO DONO DA VIAÇÃO NOVO HORIZONTE


Policiais civis da Delegacia Territorial de Itapetinga liderada pelo delegado Roberto Junior, prenderam, na manhã de hoje, um bando envolvido com furto de gado. A ação imediata da Polícia Civil evitou que os animais fossem abatidos no frigorífico Sudoeste , apreendendo, inclusive, os quatro bois.

Dois autores foram autuados por furto, o terceiro que comprou os animais a preço abaixo do mercado foi autuado por receptação, e uma quarta pessoa que passou a Guia de Trânsito de Animal (GTA) com dados falsos foi autuado por falsidade ideológica.

Os animais pertencem Edgar Abreu Magalhães, proprietário da Viação Novo Horizonte.

O gerente de outra fazenda, de acordo com as investigações, solicitou junto à ADAB uma guia com os dados dos bois furtados, por que a intenção era “limpar” os animais e assim dar entrada no frigorífico para o abatimento.

Foram presos em flagrante:

Cláudio dos Santos Oliveira, de 35 anos, vaqueiro e autuado por furto qualificado, associação criminosa e alteração de ferro nos bois. Denildo Lobo Correia, vulgo “Del”, de 47 anos, vaqueiro, autuado por furto qualificado e associação criminosa. Ivanildo de Jesus Oliveira, de 38 anos, açougueiro, autuado por receptação e associação e Filinto Araujo Santana Filho, de 75 anos, gerente de fazenda, autuado por falsidade ideológica.

Nos últimos dias cerca de dez pessoas já foram presas na região envolvidas em furtos de gado.

22 de março de 2017

Campanha da Fraternidade 2017 "Biomas Brasileiros e defesa da vida” tema: “Cultivar e guardar a criação”.

Por Joabes Rodrigues*

No ultimo Domingo (19) em Itarantim a Igreja católica de Santo Antônio, padre Ednilton (Black) e equipe abriu de forma oficial na Praça Luiz Viana Filho a Campanha da Fraternidade 2017 (que por sinal muito pouca gente pela dimensão da Campanha da Fraternidade) que traz como tema: “Fraternidade: Biomas Brasileiros e defesa da vida” e terá como tema: “Cultivar e guardar a criação”.
Um tema bem latente ao que estamos vivenciando na nossa cidade nos últimos anos que, são os problemas ambientais com uma dimensão de crise hídrica que há tempos vem fazendo a população refletir sobre a água e os recursos naturais que vem sendo degradado por vários setores.
Esperamos que o tema faça-nos ser chamados a serem provocados e provocar, não ficarmos apenas na teoria das coisas sem a nossa participação dentro do âmbito onde possamos lançar propostas junto aos órgãos sociais e poderes públicos.
A Campanha da Fraternidade (CF) nasceu com um único objetivo, que era e é chamar os cristãos/cristãs, leigos e leigas a missão a um aprofundamento sobre questões latente na sociedade da época, aprofundar a prática e o gesto concreto entre os cristãos e cristãs.
Nasceu dentro de um contexto politico social muito complicado, onde o Brasil nesse período, mais precisamente em 1964, sofre um golpe de estado afastando o presidente eleito, deixando o país nas mãos dos militares, começava ai um dos períodos mais critico da historia de nosso país onde cidadãos e cidadãs não tinha voz e nem liberdade (neste contexto a CF nasce).
No ano de 1961 três padres responsáveis pela Caritas Brasileira idealizaram uma campanha da fraternidade com a finalidade de ajudar as instituições sociais e atividades assistencialistas. Foi realizada pela primeira vez na quaresma de 1962 no Rio Grande do Norte, nos anos seguintes mais dioceses no Brasil abraçaram a Campanha da Fraternidade.
O projeto foi impulsionado a nível nacional se estendendo as várias dioceses a partir de 1962 sobre o impulso renovador do Concilio Vaticano II e com os bispos Brasileiros e Latino Americano, conciliares, que com uma proposta libertadora trazem ao Brasil um novo jeito de ser Igreja.
Na quaresma de 1964 foi realizada a Campanha a nível nacional com uma proposta de se organizar uma pastoral conjunta e orgânica onde pudesse se discutir questões dentro da sociedade Brasileira que passava por muitos problemas, neste contexto que nasce e cresce a campanha da fraternidade.
De 1962 até hoje a campanha da Fraternidade é uma atividade ampla de evangelização desenvolvida num determinado tempo (quaresma) para ajudar os cristãos, cristãs, as pessoas de boa vontade a viverem a fraternidade em compromisso concreto no processo de transformação da sociedade a partir de um problema especifico que exige a participação de todos e todas na sua solução.
Ela tornou-se uma especial manifestação de evangelização libertadora, provocando ao mesmo tempo, a renovação da vida da Igreja e a transformação da sociedade a partir de uma problemática que, tratado a luz do projeto de Deus clareia a vida do povo.
O que nos preocupa neste contexto é o compromisso com a proposta da Campanha da Fraternidade e seu objetivo, nos últimos anos ela tem trazido a sociedade uma discursão pertinente que, são as questões de degradação ambiental e a destruição de recursos naturais, provocada pela ganancia humana e por interesses de grandes empresas.
Nestes 54 anos de Campanha da fraternidade foram realizadas Cinco (5) campanhas que levaram a sociedade a uma reflexão sobre as causas ambientais, com essas vamos para 6º Campanha da Fraternidade que trata de questões ambientais.
A primeira foi em 1986 “Fraternidade e Terra” teve como lema, “Terra de Deus, terra de irmãos”. Nessa teve como objetivo a má distribuição da terra no Brasil discursão provocada pela Comissão Pastoral da Terra (CPT).
Já em 2002 a Campanha da fraternidade volta a se discutir outro problema crônico dentro da nossa sociedade “Fraternidade e Povos Indígenas” trazendo como lema “Por uma Terra sem Males”. Trazendo mais uma vez a discursão das terras indígenas que travam uma briga na justiça com o latifúndio no Brasil que querem através do poder bélico expulsar os povos tradicionais de suas terras.
Em 2004 a água era o tema central da campanha “Fraternidade e Água” trazendo como lema, “Água, fonte de Vida”. Naquele momento a crise hídrica pautava os assuntos em todos os meios de comunicação, tendo a água como um bem da humanidade, que possamos ter e não como mercadoria para as grandes empresas do hidronegócio.
Em 2007 juntos com as organizações da luta por uma Amazônia livre dos desmatamentos, a campanha traz o contexto social e ambiental dos povos e suas lutas por uma região do Brasil que é considerada o pulmão do mundo, trazendo como tema; “Fraternidade e Amazônia” e como lema; “Vida e Missão neste chão”. 
Em 2011 a CNBB entende que o problema no Brasil sobre questões ambientais é muito mais preocupante, que implica na vida das comunidades e de todos e todas, homens, mulheres e crianças, por isso traz uma reflexão voltada com o tema; “Fraternidade e a Vida no Planeta” e como lema “A criação geme em dores de parto”.
Nos últimos dois anos, impulsionado pela dimensão espiritual do Papa Francisco que vem fazendo questionamentos sobre as grandes degradações ambientais no mundo e inspirado de alguma forma pela sua Encíclica “Laudato si” “Louvado Seja”, a Campanha da Fraternidade vem trazendo e chamando os/as cristãos/cristãs leigas e leigos a se aprofundar nas questões ambientais que é um problema nosso e de todos que, irá implicar, a vida nossa e do planeta.
Por isso em 2016 trabalhou-se o tema “Casa comum, nossa responsabilidade”. A casa comum é o nosso ambiente, planeta que vivemos e que devemos cuidar para um bem de todos e todas. Agora em 2017 a Campanha mais uma vez vem reforçar o nosso compromisso de cristão/cristã, trazendo como discursão os Biomas Brasileiros, como tema central “Fraternidade: Biomas Brasileiros e defesa da vida” e terá como tema “Cultivar e guardar a criação”.
Esperamos que essa Campanha da Fraternidade possa despertar o ardor missionário e compromisso com a sociedade que possamos de fato juntos e juntas colocar o gesto concreto em favor da vida no planeta.
Em Itarantim é latente e se faz necessário um debate com toda a sociedade, poder publico organizações, Igrejas e gente de boa vontade que queiram se somar a todos e todas numa luta comum.

Joabes Rodrigues. Coordenador estadual da Pastoral da Juventude Rural Bahia

Secretaria Municipal de Saúde de Itarantim:Trabalho contra a proliferação do mosquito aedes aegypti


O Blog Alerta Itarantim, como todos Já sabem, é um Blog comprometido com a sociedade de Itarantim e também com a região. Estamos diante de um problema muito grave que é proliferação do mosquito aedes aegypti e decorrente desta proliferação as consequências que são as doenças: Dengue, Chikungunya, Zika, Febre Amarela. 
O Blog está apoiando a Campanha contra a proliferação  do mosquito aedes aegypti da Secretaria Municipal de Saúde. O secretário Euvaldo Junior    e  o prefeito Paulo Construção construíram um planejamento de combate ao mosquito, os dois não tem medido esforças para acompanhar, de perto, a concretização do planejamento. 
O secretário de saúde e o prefeito visitaram a empresa de calçados Renata Mello para esclarecimento e apoio ao trabalho de combate ao mosquito. O presidente da Fabrica Renata Mello, o Sr.Almir, consciente do surto que a cidade passa, disse vai apoiar o combate, segundo ele “a empresa deu uma baixa de 20% de seus funcionários por causa da doença chikungunya”. 
Já em relação à Febre Amarela,  o secretário de saúde Euvaldo Júnior organizou com sua equipe uma estratégia   de bloqueio no distrito de Ribeirão do Salto e fez o mesmo em toda zona rural, principalmente na divisa com Minas Gerais.
Euvaldo Júnior afirmou que “a Secretária Municipal de Saúde tem procurado desenvolver atividades na intenção de trazer segurança para nossa população, mas também admite que essa luta precisa da colaboração total dos moradores: não acumular lixo, não acumular água, ter cuidado com o quintal, buscar informações seguras, denunciar terrenos baldios e com risco para a comunidade etc.Nós, secretaria e comunidade, juntos podemos vencer a luta contra esse mosquito e assim construir um futuro melhor”.   
Veja os informes sobre as doenças e as fotos do trabalho realizado pela Secretaria Municipal de 
Saúde.






Dengue: A dengue é, sem dúvidas, a doença transmitida pelo Aedes aegypti mais conhecida pela população. Por essa razão, o A. aegypti ficou conhecido no Brasil como mosquito-da-dengue.
A dengue é uma doença febril causada por um vírus que apresenta quatro sorotipos. De uma maneira geral, ela causa febre alta, que se inicia de maneira abrupta, dores de cabeça, dores no corpo e articulações, dores nos olhos, fraqueza, manchas na pele e coceira. Em algumas pessoas, podem ocorrer vômitos, dores abdominais, hemorragias e até mesmo a morte.
A dengue não apresenta tratamento específico, sendo recomendado apenas uso de produtos que aliviem os sintomas. A principal recomendação é repousar e tomar muito líquido.
Chikungunya: A chikungunya é uma doença viral também transmitida pelo mosquito Aedes aegypti que chegou ao Brasil em 2014. O nome dessa enfermidade significa “aqueles que se dobram” e faz referência aos primeiros pacientes diagnosticados com o problema, na Tanzânia, que se curvavam em virtude das dores provocadas pelo vírus.
Os sintomas da chikungunya lembram muito os da dengue, como febre alta, dor de cabeça, manchas na pele e dores no corpo. Entretanto, a diferença principal está no fato de que a chikungunya provoca dores muito intensas nas articulações.
A chikungunya também é uma doença sem tratamento específico e, assim como a dengue, são tratados apenas a febre e as dores no corpo. A recomendação de beber muita água e manter-se em repouso também é indicada para essa doença.
Zika também é uma doença viral e chegou ao Brasil em 2015. Seu nome foi dado em referência ao local em que o vírus foi identificado pela primeira vez: Floresta Zika, na Uganda.
Em relação aos sintomas, a zika apresenta-se muito mais branda do que a dengue e a chikungunya, uma vez que 80% dos pacientes não apresentam nenhuma manifestação clínica. Quando os sintomas aparecem, eles são febre baixa, dores leves nas articulações, manchas e coceira. Pode aparecer ainda vermelhidão nos olhos, inchaço pelo corpo, tosse e vômitos. Complicações graves são raras, entretanto, podem ocorrer.
A zika destaca-se pela sua associação com casos de microcefalia, uma malformação que faz com que o cérebro dos bebês não se desenvolva de maneira adequada. Além disso, a doença também está relacionada com a Síndrome de Guillain-Barré, que causa fraqueza muscular e paralisia dos músculos.

A zika é uma doença sem tratamento específico, sendo recomendado apenas o controle das dores e da coceira pelo corpo. Também é recomendado repouso e ingestão de líquidos.
Febre Amarela amarela é uma doença grave causada por um vírus e transmitida por mosquitos. Em áreas florestais, o principal transmissor é o mosquito do gênero Haemagogus; na área urbana, o principal vetor é o Aedes aegypti. Vale destacar que a febre amarela urbana foi erradicada em 1942, entretanto, a forma silvestre ainda ocorre em nosso país. Diante dessa erradicação, a doença é pouco lembrada quando falamos das doenças transmitidas pelo A. aegypti.
A febre amarela provoca no paciente febre alta, cansaço, dores pelo corpo e de cabeça, náusea, vômitos e calafrios. Em casos mais graves da doença, o paciente pode desenvolver problemas no figado e no rim, hemorragias e icterícia (pele e olhos amarelados). A forma grave pode causar a morte.
A febre amarela também é uma doença que não possui tratamento. A recomendação é de repouso e ingestão de líquidos. Em casos graves, pode ser necessária a internação em UTI e reposição da perda sanguínea causada pela hemorragia.



QUEM AVISA AMIGO É! Licitação! É sempre, nas licitações, que a polícia te pega daqui e te pega de lá!

ILHÉUS: VEREADOR FOI PRESO DURANTE OPERAÇÃO DE COMBATE FRAUDES E SUPERFATURAMENTO EM LICITAÇÕES


Ex-secretário de Assistência Social de Ilhéus até o ano passado, o vereador Jamil Ocké está entre os seis presos na Operação Citrus, hoje (21), deflagrada hoje pelo Ministério Público Estadual (MP-BA) com o apoio da Polícia Civil. De acordo com o MP, Jamil participa de um “grupo criminoso que praticava fraudes e superfaturamento” em licitações da Prefeitura de Ilhéus. O prejuízo é avaliado em R$ 20 milhões.

A ação começou por volta das 5h da manhã desta terça, deflagrada pela 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus, apoiada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI) e suporte operacional da Polícia Civil, por meio do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e do Departamento de Polícia do Interior (Depin).

Além de do vereador Jamil Ocké, foram presos Enoch Andrade Silva, Thayane Santos Lopes, Wellington Andrade Novais, Lucival Bomfim Roque e Kácio Clay Silva Brandão, que ocupou o cargo de secretário de Assistência Social também na gestão passada. Também foram cumpridos seis mandados de condução coercitiva e 27 mandados de busca e apreensão.

Segundo apurado em investigação realizada pelo MP, o grupo opera desde 2009 celebrando contratos com a prefeitura ilheense para o fornecimento de bens diversos utilizando as rubricas genéricas de “gêneros alimentícios” e “materiais de expedientes/escritório”.

O esquema contava com a participação de agentes públicos do primeiro escalão do governo municipal e, conforme comprovado no período da investigação, as empresas envolvidas receberam mais de R$ 20 milhões decorrentes de contratações com a Prefeitura Municipal de Ilhéus.

As empresas são a Marileide S. Silva de Ilhéus, Mariangela Santos Silva de Ilheus EPP, Thayane L. Santos Magazine ME, Andrade Multicompras e Global Compra Fácil Eireli-EPP, todas geridas por Enoch Andrade Silva. Também foi identificada a participação do empresário Noeval Santana de Carvalho, que celebrava contratos irregulares com o Poder Público para fornecimento de merenda escolar.

21 de março de 2017

jggg


O prefeito de Potiraguá, Jorge Cheles (PMDB) está cumprindo agenda na capital do estado. Nesta terça-feira ele foi informado que o governo do estado vai assinar a ordem de serviço para a asfaltar a BA 680, trecho entre Potiraguá à BR 101.

São 58 quilômetros que tem uma grande importância para levar turistas de outros estados e da região sudoeste do estado para Porto Seguro.

A empresa CM Construções e Serviços venceu a licitação e vai fazer a obra no valor de R$ 27.188.742,47.