homenagem

homenagem

25 de junho de 2017

QUER QUEIRA, QUER NÃO, O PT ESTÁ DANDO A VOLTA POR CIMA

Aprovação do governo Temer chega a 7%, pior índice em 28 anos, aponta Datafolha
Foto: Beto Barata / PR / FotosPúblicas
Apenas 7% da população considera o governo do presidente Michel Temer como bom ou ótimo, segundo dados do Datafolha. O índice divulgado neste domingo (24) é o menor registrado pelo instituto de pesquisa em 28 anos. Apenas José Sarney registrou uma marca pior, com 5% em setembro de 1989. A atual administração do Palácio do Planalto é avaliada como ruim ou péssima por 69% do eleitorado, enquanto 23% dos brasileiros a consideram regular. Em setembro de 1989, os números eram de 68% e 24%, respectivamente. A pesquisa foi feita quarta-feira (21) e esta sexta-feira (23), com 2.771 entrevistados. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais e para menos. Há dois meses, a aprovação de Temer ainda chegava a 9%, enquanto a reprovação ficava em 61% e 23% consideraram a gestão como regular. Às vésperas do impeachment, a administração de Dilma Rousseff era ótima ou boa para 13% do eleitorado, e 63% consideravam ruim ou péssima.

24 de junho de 2017

Aprovação da gestão Temer cai a 7%, menor em 28 anos, segundo Datafolha

Por Folhapress | Fotos: Pedro Ladeira /Folhapress

O governo Michel Temer (PMDB) é considerado ótimo ou bom por apenas 7% da população, a menor marca registrada pelo Datafolha em 28 anos. Somente José Sarney (PMDB) ficou abaixo desse patamar, com 5% em setembro de 1989, em meio à crise da hiperinflação.
Desde que veio a público a delação da JBS, que jogou o presidente no centro da crise política nacional, a impopularidade do peemedebista aumentou. Hoje sua gestão é considerada ruim ou péssima por 69% do eleitorado e regular por 23%.
Na comparação, em setembro de 1989, Sarney chegou a 68% de ruim ou péssimo e 24% de regular.
O novo levantamento do Datafolha, feito entre quarta-feira (21) e esta sexta-feira (23), com 2.771 entrevistados, mostra Temer com a avaliação em queda.
Dois meses atrás, a sua taxa de ruim e péssimo estava em 61% e a de ótimo ou bom, em 9%. Aqueles que o consideraram regular somavam 28% no final de abril.
Não souberam responder como avaliam hoje o governo Temer 2% dos entrevistados. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais e para menos. A nota do presidente caiu de 3 para 2,7.
A situação de Temer é pior que a de Dilma Rousseff (PT) às vésperas de ela sofrer impeachment. Em abril de 2016, a petista tinha 13% de aprovação e 63% de reprovação.
JOESLEY
Temer foi gravado secretamente em março deste ano pelo empresário Joesley Batista, da JBS, em uma conversa tarde da noite fora da agenda no Palácio do Jaburu em que ambos trataram da relação com o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que está preso.
O áudio foi entregue como prova na delação do empresário e deverá subsidiar três denúncias contra Temer elaboradas pela Procuradoria-Geral da República por corrupção passiva, obstrução de justiça e organização criminosa. As peças ainda não foram apresentadas ao STF (Supremo Tribunal Federal) e, quando o forem, deverão ser remetidas à Câmara dos Deputados. Ao envolver o Congresso, a situação de Temer se torna ainda mais frágil.
Ele é acusado por Janot de ter dado o seu aval para que Joesley comprasse o silêncio de Cunha e de seu operador Lucio Funaro, que estão presos e ameaçam delatar.
MULHERES E JOVENS
A reprovação de Temer está em patamar comparável ao de Dilma em agosto de 2015, quando a petista atingiu 71% de ruim ou péssimo.
No histórico do instituto, além de Sarney, apenas Fernando Collor (PTC) obteve índices tão negativos quando Dilma e Temer ao alcançar 68% de ruim e péssimo, em setembro de 1992, ao sofrer impeachment.
O cenário fica mais desfavorável para o presidente Temer entre as mulheres, os jovens e os mais pobres, em comparação com a média da população.
Sua taxa de ruim e péssimo chega a 73% entre o eleitorado feminino, a 74% entre os eleitores de 25 a 34 anos e a 71% para aqueles cuja renda familiar mensal é de até dois salários mínimos.
No Nordeste, a reprovação a Temer fica acima da média, 77%, e no Sul, abaixo: 61%
Entre os entrevistados com ensino fundamental completo, a reprovação de Temer fica em 64% e sobe para 71% entre aqueles que concluíram o ensino médio e 70% entre os com superior completo.
Um grupo que lhe concede alguma trégua é a do eleitorado de renda média familiar superior a dez salários mínimos. Nessa parcela da população, seu governo é considerado bom ou ótimo por 15%, regular por 30% e ruim ou péssimo por 55%.
A análise por renda da avaliação de Temer coincide com a de sua agenda econômica, da qual os mais ricos são menos críticos que a média da população, em especial no que se refere à proposta de reforma da Previdência.

SE REVOGADA A LEI: BANCO DO BRASIL E BRADESCO DE ITARANTIM PODEM SER OBRIGADOS ABRIR AOS SÁBADOS

Ir ao banco pode ficar mais fácil nos próximos meses. O senador Roberto Muniz (PP-BA) pediu ao Senado a revogação de uma Lei e de resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN), que proíbe o funcionamento dos estabelecimentos de crédito aos sábados.
Para fazer frente às regras, em vigor desde a década de 60, o senador baiano apresentou, nesta quinta-feira (22), um Projeto de Lei que permite ao banco determinar se quer ou não instituir o expediente aos sábados. “Mais de cinquenta anos se passaram e o ordenamento merece atualização para adequação à nova realidade – muito mais dinâmica e com diretos trabalhistas já mais bem definidos e eficazes”, argumenta.


Para Roberto Muniz, a iniciativa traria uma tranquilidade ao usuário para fazer sua pesquisa e análise do melhor crédito, de modo responsável, o que é bom para o consumidor e para o mercado. “A competitividade do setor aumentará e os benefícios da livre concorrência operarão”, afirma. Ele cita o exemplo de países que adotam a prática, como Estados Unidos, Inglaterra, França e Austrália, onde muitas agências funcionam aos sábados, geralmente até o meio-dia.



O texto do projeto traz ainda a defesa de especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental, como Ricardo Medeiros de Castro: “Impedir que estabelecimentos venham a funcionar em alguns dias da semana, por determinação legal, não parece ser um incentivo econômico adequado. Caso os estabelecimentos, por si mesmos, queiram fechar no final de semana, tal é uma decisão que deve ser própria do estabelecimento (e não imposta pelo poder público)”.

23 de junho de 2017

ITARANTIM: ATENÇÃO SECRETARIO DE AGRICULTURA E ADAB! É MELHOR PREVENIR QUE REMEDIAR

Mortes de gado com suspeita de raiva preocupam fazendeiros de cidade da Bahia

Ao menos 20 fazendeiros de Medeiros Neto já registraram casos suspeitos. Secretaria acredita que problema ocorre pela falta de vacinação dos rebanhos.


Por TV Santa Cruz
Morte de gado por suspeita de raiva bovina preocupa criadores na Bahia (Foto: Reprodução/TV Santa Cruz)

As mortes de gado em várias fazendas do município de Medeiros Neto, localizado no extremo sul da Bahia, por suspeita de raiva bovina, tem deixado criadores preocupados. Ao menos 20 fazendeiros já registraram casos suspeitos da doença que não tem cura, segundo informações da Secretaria Municipal de Agropecuária e Meio Ambiente. O órgão diz que o problema ocorre pela falta de vacinação dos rebanhos.

A rava é transmitida aos animais pela mordida de morcegos hematófagos, que se alimentam de sangue. A doença afeta o sistema nervoso dos animais, que morrem logo depois de apresentarem os primeiros sintomas.

Eliclésio Medeiros, que cria gado leiteiro em um sítio no município, diz que há dez dias encontrou um dos animais morto. Ele afirma que a causa da morte ainda não foi comprovada, mas que a suspeita é de raiva bovina. "O outro gado eu já tinha vacinado, mas esse que eu não tinha vacinado apareceu morto", destacou.

Depois da morte do animal, o criador afirma tque vacinou todo o rebanho, por medo de proliferação da doença. Segundo ele, nas fazendas vizinhas, animais também morreram com suspeita de raiva bovina.

O secretário de Agropecuária e Meio Ambiente, Armando Leal, diz que casos suspeitos de raiva no município estão sendo notificados. "Só do meu conhecimento, já são mais de vinte propriedades. Negligenciaram a vacinação, que deve ser feita uma vez por ano junto com a vacina contra a [febre] aftosa. Mas muita gente está deixando de seguir essa orientação", destacou.

Todos os casos suspeitos, segundo o secretário, foram registrados em propriedades rurais localizadas próximas a rios. "Isso porque os morcegos hematófagos ficam mais na beira dos rios. Suas tocas, em pedras, buracos ou mesmo em árvores, são pertos de rios", diz.

Os casos suspeitos, segundo o secretário, devem ser comunicados à Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), que é o órgão fiscalizador.

A única forma de prevenir a raiva é atraves da vacinação dos animais. A primeira dose pode ser aplicada a partir do terceiro mês de vida e repetida com trinta dias. Depois disso, basta um reforço anual da imunização. A vacina contra a raiva é vendida em lojas de produtos agripecuários.


Com a nota fiscal em mãos, os criadores podem vacinar o gado com uma pessoa que seja credenciada pela Adab ou programar uma vacinação assistida, com um veterinário da agência. Nos dois casos, é preciso declarar que realizou a vacinação.

O CRAS (o de Macarani e não o de Itarantim) e a Secretaria de Desenvolvimento Social (a de Macarani e não o de Itarantim) realiza “Arraiá do Sociá”

Por Guga Amaral - Redação O Responsável

Foi realizado na noite desta Quarta-feira (21), numa noite de muita animação, apresentações, forró e degustação de muitas comidas típicas, e a tapioca foi a mais degustada da noite, feita pela Georgyna. O “Arraiá do Sociá”, promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Social de Macarani.

O CRAS – Centro de Referência da Assistência Social veio trazendo os jovens que deram show ao apresentar dança e música. Os meninos que participaram do Campeonato de Futsal Bola Na Rede do CRAS, receberam medalhas e os campeões receberam os merecidos troféus. E em uma mistura e descontração e muito animação, foi realizada a quadrilha com das senhoras da ginástica da melhor idade. Ao final da festa, a comunidade se divertiu ao som do Trio Donalice, que trouxe o bom forró da safona, triângulo e zabumba.
No primeiro ano de trabalho e realização de eventos, a primeira-dama e Secretaria de Ação Social, Emanuelle Sodre e equipe do Social, estão de parabéns pela qualidade, organização e acontecimento do Arraiá do Sociá. O Prefeito Dr. Miller Ferraz e secretariados estiveram presentes no evento.
Veja as fotos:
 

BOMBA! BOMBA! BOMBA! PLANTÃO DO ALERTA INFORMA: TRAGÉDIA NO SÃO JOÃO DO BREGA LIGHT EM IBICUÍ


ÚLTIMAS NOTÍCIAS SOBRE O ACIDENTE: Em contato com autoridades de Ibicuí, tudo não passou de um incidente e um grande susto. E que o problema foi resolvido e que o local está pronto e seguro para receber os amantes do São João de Ibicuí.

Flagrantes do local onde aconteceu o acidente. Fotos enviada pelo nosso leitor Marquinho de Ota
Segundo um áudio e fotos recebidos pelo plantão do blog ALERTA ITARANTIM e enviados via Whats App pelo nosso leitor Marquinho de Ota, dão conta que alguns toldos compostos de grandes estruturas metálicas, destinados a cobertura da área destinada ao público na famosa festa BREGA LIGTH que anima o São João de Ibicuí,  acaba de desabar devidos aos fortes ventos que varreram aquela região. Ainda não informações sobre, se há ou não, vítimas nesta tragédia. O blog se manterá em alerta para novas informações. Aguardem!